de braga com amor. parte um.

Nunca tinha visitado Braga - pelo menos numa idade que me lembre - mas na última semana, numa viagem nada planeada e conduzida por impulsos, rumei a esta cidade do Norte. As coisas espontâneas são as melhores e Braga provou isso mesmo. É uma cidade cheia de identidade com muita arquitectura barroca, muitos canteiros floridos e com ruas encantadoras. A cada esquina há uma varanda ou uma igreja ou um jardim para descobrir e por isso aconselho-vos a conhecer o centro sem um itinerário definido, vão apenas percorrendo as ruas a pé e desvendando-as. No entanto, claro que há alguns pontos mais turísticos cuja paragem se diz obrigatória. Elaborei uma espécie de guia e hoje, na primeira parte, mostro-vos fotografias das ruas, do clássico Bom Jesus e da Sé de Braga. Falar-vos-ei ainda do hostel, de um restaurante e de um bar que vos aconselho a visitar.

Igreja de São Marcos
Ao percorrerem as ruas vão encontrar vários monumentos religiosos - e não só - como a Igreja de São Marcos ou a Igreja e Convento dos Congregados. Vão ainda deparar-se com ruas floridas como a Avenida da Liberdade onde ainda encontram edifícios com uma arquitectura muito detalhada e de traços barrocos. As ruas de Braga são um ecossistema onde a cada virar de esquina se deparam com um monumento ou uma igreja bem no meio de prédios, bares e restaurantes. Eu adorei este contraste tão harmonioso.
Avenida da Liberdade
Igreja e Convento dos Congregados
O Santuário do Bom Jesus é a imagem de marca de Braga. Por ser na periferia e por irem demorar algum tempo por lá, aconselho-vos a visitá-lo de manhã. Depois da longa escadaria perdida na floresta e de subirem cada escada do próprio santuário, serão compensados pela vista para a cidade, pela arquitectura difícil de fotografar - mais muito interessante - do monumento, pelas estátuas e por todo o ambiente que encontrarão no topo. Dicas: levem almoço e almocem por lá. Usem o autocarro, o número dois, caso não tenham carro. O preço de uma viagem é de 1,65.
A Sé de Braga apesar de indiscutívelmente interessante é, na minha opinião, uma sé como tantas outras. A fachada tem traços góticos e no interior encontramos vitrais coloridos, altares muito decorados e tectos pintados e repletos de adornos a talha dourada. A visita à Sé fica por dois euros mas podem ainda optar por um percurso completo que inclui a visite ao Tesouro da Sé - um museu de arte sacra - e a várias capelas adjacentes que custa cinco euros. As visitas são até às 18h30.

um hostel muito simpático
Nos três dias que estive em Braga fiquei instalada no InBraga Hostel, um pequeno hostel muito simpático localizado bem no centro da cidade. Apesar de ser uma solução low cost tem boas condições e um simples mas bom pequeno-almoço. O único "problema" é que terão de partilhar a casa-de-banho mas, pessoalmente, não me fez grande impressão. Fiz a marcação pelo Booking e foi tudo muito simples uma vez que paguei a totalidade do preço quando lá cheguei sem precisar de fazer transferências ou usar cartões de crédito antes. Se voltar a Braga, provavelmente voltarei a escolhê-lo. Além disso, o dono do hostel oferece um mapa da cidade e dá-vos uma pequena explicação sobre os monumentos e os transportes.

um restaurante tailandês
No primeiro dia foi-me sugerido um restaurante tailandês chamado Rá-Chá-Kau. Nunca tinha provado comida tailandesa pelo que achei um boa oportunidade para experimentar. Ainda bem que o fiz porque estava delicioso e valeu totalmente a pena. Soube-me pela vida. Além disso, o espaço é mesmo giro, acolhedor e claro, muito asiático. Aconselho-vos a reservar mesa uma vez que o restaurante é pequeno. Quanto aos preços rondam os oito a dez euros por prato.

um bar com boa música
Atrás da Sé de Braga há um pequeno bar chamado Pelle que merece a vossa visita. É um espaço alternativo, com uma decoração e áurea cheia de identidade e claro, com boa música de fundo. 


Já estiveram em Braga? O que acharam da cidade? Numa próxima publicação falo-vos um pouco de alguns jardins, do Palácio dos Biscainhos e do Palácio do Raio e ainda vos trarei uma livraria, uma pastelaria e dois restaurante para incluírem no vosso roteiro quando visitarem a cidade. Beijinhos

Share:

3 Comentários

  1. Tiveste aqui ao lado, na próxima dá um salto a Guimarães! Mas sim, Braga é uma cidade lindíssima e adorei todos as fotos e looks!
    Beijinhooo
    Rtissima Blog

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto muito de Braga. E adorei ver a cidade "através dos teus olhos" :)

    ResponderEliminar
  3. Seems like you had such amazing trip! and you look very beautiful in yellow, just like Belle's gown <3
    Anyway, would you like to following each other? Let me know :))


    xoxo
    ayu

    ResponderEliminar