os favoritos dos últimos tempos.

Beleza
No que diz respeito a produtos de beleza tenho apenas dois favoritos na lista. O exfoliante que estava a usar e o desmaquilhante acabaram e a escolha dos substitutos recaiu na Vichy - aproveitei uma promoção na loja Well's. O desmaquilhante tem a textura de um creme e por isso é muito suave, não agride a pele e claro, retira a maquilhagem muito bem. Sinto que é um dos melhores que já usei. Quanto ao exfoliante tenho apenas a dizer que cumpre o seu papel. Sinto, sem dúvida, a pele mais lisa e suave depois de o usar. Além disso, não é nada agressivo nem deixa a pele irritada - e não faz uma espuma incomodativa ao ser aplicado como um da L'Oréal que usei antes. Provavelmente irei comprei um igual quando este terminar.
Séries
 Nestes últimos meses comecei a ver duas séries que provavelmente vocês conhecem e inclusive vêem. Vi a primeira temporada - e única, até agora - de Stranger Things nas férias da Páscoa e acabei por gostar imenso. Confesso que não ia com grandes expectativas mas acabou por me deixar agarrada do início ao fim. A série é cheia de suspense e anda muito em torno da ficção científica - tem o mundo real, um universo paralelo e ainda um centro de experiências científicas. Uma das coisas que mais gosto na série é sem dúvida o elenco que é composto por adolescentes e crianças com os quais é muito fácil criar uma relação instantânea. Além disso, passa-se nos maravilhosos anos 90 e podemos ouvir The Clash na banda sonora.
A segunda série que comecei a ver foi Game of Thrones. Já tinha começado a ver há alguns anos atrás mas na altura acabei por perder o interesse. Está dentro do género de filmes e sagas que tenho tendência para gostar por isso achei que lhe devia dar uma segunda oportunidade. Ainda bem que o fiz. Apesar de só estar nas primeiras temporadas, estou a adorar. A história está incrivelmente bem construída assim como as personagens que são complexas e com personalidades bem traçadas - o que nos faz odiá-las e amá-las quase no primeiro segundo. Game of Thrones é um mundo novo cheio de fantasia mas que acaba por se revelar uma grande metáfora para a realidade. É uma daquelas que me irá acompanhar durante todo o verão.
Filmes
No que diz respeito a filmes apenas destaco o Mr. Nobody. É um filme de 2009 um pouco confuso à primeira vista mas que depois se revela numa peça cinematográfica muito interessante e com a capacidade de nos fazer pensar. O filme gira em torno de uma personagem - o Nemo Nobody - que aparece nos primeiros minutos com 118 anos de idade. É quando ele começa a contar a sua vida que o filme se inicia e somos transportados para o início desta. Depois começamos a deparar-nos com várias histórias diferentes, impossíveis de conciliar e que resultam de diferentes escolhas que ele fez ao longo da sua existência. O filme segue entre analepses e prolepses e somos constantemente bombardeados com o efeito borboleta. No fundo, qualquer escolha que façamos altera a nossa vida por mais simples que sejam. O que Nemo faz é contar as várias histórias da sua vida consoante escolhas diferentes. No entanto, o filme revela-se mais complexo quando entra em questões da metafísica como o Big Crunch, por exemplo. Para além destas questões mais complicadas, é um filme que desenvolve muito a parte das relações amorosas e a importância que estas têm na nossa vida - algo que achei que estava muito muito bem representado.
Música
Estes últimos meses têm sido muito positivos em termos musicais porque algumas das minhas bandas preferidas estão lançar novos álbuns como é o caso dos Foster The People e dos Portugal. The Man. Dos primeiros tenho mesmo de destacar a nova Pay The Man porque vai ser uma das minhas músicas deste verão, sem dúvida. Quando aos Portugal. The Man continuam a surpreender e a conciliar o seu lado mais irreverente - com a música Number One que adoro de morte - com o lado mais tradicional e a lembrar os tempos passados - com a So Young da qual gosto muito também.
Para além destes, tenho ouvido muito Slow J também. Gosto do seu estilo diferente que está num patamar muito à avançado face ao que se faz cá em Portugal na área do hip hop. Aconselho-vos a ouvir a Arte, a Cristalina ou a Alma Velha com o Valas.
Também gostei muito de ouvir a I'm So Sorry e a Friction dos Imagine Dragons - apesar de não serem uma banda que ouça diariamente - e tenho mesmo de destacar a música Drop The Game do Chet Faker com o Flume pela qual estou viciada.

Quais os vossos favoritos dos últimos meses? Beijinhos

Share:

3 Comentários

  1. Vi o Mr. nobody há uns anos e o filme marcou-me imenso. Achei a prestação do Jared Leto bestial!
    THE PINK ELEPHANT SHOE // GANHA UM MEGA CABAZ DE VERÃO

    ResponderEliminar
  2. Eu não costumo acompanhar séries!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  3. A minha série preferida do momento é Quantico.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar