oposto.

Estas fotografias trazem-vos dois lados opostos da minha personalidade. Sou a rapariga do campo que cresceu a observar paisagens verdes pela janela e cujo o cenário das fotografias não lhe podia ser mais familiar. Joguei às escondidas aqui, rodeada por esta natureza que ainda agora me trás tanta paz. Em directa oposição aparece este outfit que tem espírito de rapariga da cidade. A paleta de cores neutra e o decote off-shoulder pedem arranha-céus de fundo mas confesso que gostei do contraste com a paisagem calma. Define-me. Sou a rapariga do campo que é fascinada pela cidade mas que às vezes precisa de regressar às origens, de respirar ar puro. Acho que não conseguia viver sem os dois. Sem este contraste, sem este balaço entre movimento e sossego e sem este equilíbrio entre ruído e silêncio. Acho que estas fotografias não podiam ter captado melhor esta essência. Espero que gostem:
Camisa - Zara; Calças - Bershka; Botas - Stradiavarius; Lenço - Zara; Mala - Parfois; 
Brincos - Parfois; Anel - Lefties

Share:

4 Comentários