All About Highlighters

Os iluminadores são o novo vício no mundo da maquilhagem. Os produtos matte deixam de ser a primeira escolha e dá-se uma oportunidade aos que trazem à nossa pele o brilho, as nuances metalizadas e os reflexos. A pele quer-se iluminada, radiante e fresca. O coutouring passou a segundo plano e a tendência actual, que surgiu já há alguns estações é o strobing, ou seja, a técnica que consiste em iluminar pontos estratégicos do rosto. O objectivo é um rosto leve, rejuvenescido, luminoso, de aspecto saudável mas sobretudo natural. Hoje trago-vos então um guia com tudo o que precisam de saber para - se ainda não o fizeram - se renderam aos iluminadores.

Onde aplicar?
O iluminador irá realçar as áreas onde é colocado por isso é importante saber quais as áreas que queremos evidenciar. Apesar de haverem regras gerais tudo vai depender do nosso tipo de rosto uma vez que as essas áreas irão ficar mais projectadas para a frente. As áreas tipicamente iluminadas são: abaixo da sobrancelha e no canto interno do olho pois estes dois pontos de luz irão levantar o olhar e torná-lo mais aberto; acima das maçã do rosto, nas têmporas, cujo o objectivo é afiná-lo; na cana do nariz em sentido vertical o que o tornará ilusoriamente mais fino e acima do lábio, no arco do cupido, de forma a tornar os lábios mais delineados e evidentes. Para além destas, outras áreas que também podem ser iluminadas são o queixo, a testa e a zona das olheiras.
Tipos de Iluminadores
Cada vez existem mais tipos de iluminadores desde fórmulas em pó, versões em bastão a opções líquidas/cremosas.
As fórmulas em pó tanto podem oferecer um acabamento mais natural como podem dar um efeito mais dramático, tudo depende da pigmentação, do nível de brilhantes e até mesmo do modo de aplicação. Os iluminadores em pó podem ser substituídos por sombras de olhos, uma vez que dão o mesmo efeito.
As opções em bastão têm sido uma forte aposta das marcas de maquilhagem pois são práticos e facilmente esbatidos com os dedos.
Os iluminadores líquidos são uma aposta recente e conferem um look muito subtil e natural. São também fáceis de esbater quer com os dedos quer com um pincel duo fiber, por exemplo.
Produtos como correctores e bases também podem funcionar como iluminador desde que sejam um ou dois tons abaixo do nosso tom de pele. Servem de iluminadores matte ideais para quem quer iluminar certas áreas mas não quer algo com brilho. Existem imensas opções de correctores em caneta idealizados para iluminar a zona das olheiras, por exemplo, uma vez que é uma zona que deve evitar os brilhantes. Esta opção é muito discreta e natural.

Pincéis
É importante que não se exagere nas quantidades e que o produto seja esbatido de forma correcta para o acabamento seja natural. Para isso existem determinados tipos de pincéis que podem ajudar na hora de finalizar. Pincéis mais macios, pequenos e arredondados são os ideais uma vez que não aderem tanto produto e que são mais fáceis de utilizar em zonas mais pequenas, como o canto interno do olho. O duo fiber - primeiro da imagem - é perfeito para iluminadores líquidos e cremosos. Para os iluminadores em pó e que tenham elevada pigmentação o pincel em leque é uma excelente opção pois ajuda a controlar quantidades, caso seja uma fórmula mais leve pode ser usar um kabuki, por exemplo. Todos devem ser usados através de leves batidas.

Os Tons
Dos tons rosados aos mais prateados passando pelas tonalidades bronze, os iluminadores podem ter várias cores. De forma geral e sem regras todas as cores podem usadas nos vários tons de pele, a escolha pode depender do resto da maquilhagem e até da bijutaria que se está a usar para quem não queira misturar prateados com dourados. No entanto, cores mais frias como prateados e rosas gelados tendem a favorecer as peles mais claras enquanto as tonalidades mais quentes, como dourados e os tons bronze, tendem a combinar melhor com peles mais morenas e com peles negras. Uma regra com uma certa liberdade e que não precisa de ser levada a sério, o ideal é experimentar.

Espero que tenham gostado da publicação e que vos tenha sido útil de alguma forma. Alguma dúvida que tenham ou erro que encontrem, não hesitem em dizer. Beijinhos

Share:

2 Comentários

  1. Um post muito elucidativo e completa da questão abordada. Parabéns :D
    Beijinhoo
    RITISSIMA BLOG

    ResponderEliminar
  2. Adorei as dicas! Obrigada!

    Há giveaway a decorrer no blog! Participa!
    Beijinhos
    http://that-g-i-r-l.blogspot.pt/

    ResponderEliminar